Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ao encontro dos nossos oradores. A03 - Filomena Paixão

documentado por encontrosdocumentais, em 07.01.16

Os Encontros Documentais 2016 têm início a 27 de Janeiro data em que se assinala o Dia das Vítimas do Holocausto. Como forma de reflectirmos sobre o legado cultural e a tradição judaica no nosso país, endereçamos o convite ao Centro de Documentação e Arquivo do Instituto Politécnico de Tomar para connosco partilhar a sua experiência com um espólio muito específico - o da Sinagoga de Tomar. Ao nosso convite, acedeu a diretora do CDA/ IPT, doutora Filomena Paixão.

Filomena Paixão.jpg

 

Espólio Bibliográfico do Museu Luso Hebraico da Sinagoga de Tomar

O CDA encontra-se inserido no Campos do I.P.T., envolto num ambiente agradável e moderno, em que a sintonia com o meio ambiente está patente e onde a Comunidade Académica da Instituição poderá encontrar um local funcional e acolhedor.

Engloba a Biblioteca Central do IPT, a biblioteca da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (E.S.T.A.) e o Arquivo Histórico do I.P.T..

O CDA/IPT tem como missão principal servir os alunos, professores e funcionários do I.P.T. e a comunidade académica em geral, disponibilizando todo o acesso à informação que seja necessário às atividades pedagógicas e de investigação.

Para qualquer investigador da área das Ciência Documentais, ter a possibilidade de estudar um espólio bibliográfico relacionado com a comunidade Luso Hebraica de Tomar, seria sempre uma motivação e um desafio.

Para Filomena Paixão foi uma possibilidade ímpar e um desafio:

 

Começamos por receber todo o material que nos foi chegando num espaço ainda sem mobiliário.

Aquando das primeiras caixas que fomos abrindo com o objetivo de inventariar todo o espólio bibliográfico (e também de tendência museológica que íamos detetando), fomo-nos apercebendo que, mesmo que para a elite de investigadores de Estudos Hebraicos muitos daqueles livros e peças fossem por demais conhecidos, haveria toda uma comunidade académica ou simplesmente curiosa, a quem certamente interessaria e muito, poder consultar toda a riqueza informacional, que agora tinha em mãos.

Daí que tenhamos sugerido criar uma base de dados, inserida na base já existente no IPT, mas com entrada devidamente diferenciada, onde após catalogados, fosse possível realizar a pesquisa, para que investigadores ou meros estudiosos sobre os Estudos Hebraicos pudessem tomar conhecimento do espólio bibliográfico e a ele ter acesso.

Na verdade, de que nos serve termos o privilégio de podermos desfrutar da informação se não a pudermos partilhar?

Atualmente este espólio é consultado por visitantes oriundos das mais diversas partes do país e do estrangeiro, sozinhos ou em grupo, já que existe pouca informação disponível online sobre livros em hebraico, aos poucos temos entrado nos roteiros turísticos relacionados com a cultura hebraica.

Trata-se de um trabalho inacabado, mas que mercê desta partilha de interesses estamos a receber novos exemplares, doados em grande parte por particulares, que assim ajudam-nos a partilhar uma área do saber, por vezes tão pouco divulgada.

 

É este o apelo e o desafio que vos deixo.

Maria Filomena Paixão

 

 

  NOTA BIOGRÁFICA

Maria Filomena Carreiras Casaca Faria Paixão é licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Pós Graduada em Ciências Documentais pela Universidade de Coimbra, Master em Documentação pela Universidade de Alcalá de Henares e encontra-se a desenvolver o Doutoramento em “Bibliografia e Documentação Retrospetiva em Humanidades” na Universidade da Alcalá de Henares e Universidade Complutense de Madrid, tendo já defendido o D.E.A. (Diploma de Estudos Avançados), o que lhe confere o título de investigadora.

Desempenha as funções de Diretora do CDA/IPT, como responsável pelos recursos humanos, técnicos e materiais afetos ao CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E ARQUIVO do INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR, que engloba a biblioteca central, a biblioteca da ESTA, (Escola Superior de Tecnologia de Abrantes) e o Arquivo Histórico do IPT, para além da biblioteca de Livro Antigo PROFESSOR DOUTOR PACHECO DE AMORIM e do espaço onde se encontra instalado o ESPÓLIO BIBLIOGRÁFICO DO MUSU LUSO HEBRAICO DA SINAGOGA DE TOMAR.

Lecionou várias unidades curriculares como Equiparada a Professor Adjunto, na Escola Superior de Gestão do IPT.

Na Pós Graduação em Ciências Documentais ministrou as unidades curriculares de Organização e Gestão Documental em Bibliotecas e Arquivos e Projeto de Investigação Aplicado às Ciências Documentais.

Na Pós Graduação em Gestão Pública em Políticas Sociais ministrou a unidade curricular de Análise e Avaliação de Políticas Sociais.

No curso de Administração Pública ministrou ao longo de vários anos letivos, as unidades curriculares de Política Social Comparada e Administração Pública Comparada, tendo sido orientadora de vários Seminários e Projetos de Investigação.

No curso pré Bolonha de Administração Pública ministrou as disciplinas de Ciências Documentais e de História.

No curso de Gestão Turística e Cultural ministrou a disciplina de História de Portugal e a disciplina de Projeto I.

No curso de Comunicação Social da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, do IPT, ministrou ainda a disciplina de História de Portugal.

Fez parte como Arguente, de dois júris do Mestrado em Ciências Documentais, da Universidade Lusófona de Lisboa.

Foi coorientadora de uma dissertação do Mestrado em DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS DE TURISMO CULTURAL.

Participou como oradora convidada, no Colóquio PRAXIS IV, em Abrantes, a 26 de setembro de 2015.

No âmbito das suas funções e como representante do IPT, faz parte do GRUPO DE TRABALHO CONCELHIO DAS BIBLIOTECAS DE TOMAR.

Faz parte, como representante do IPT, do Grupo de trabalho sobre o Relatório de avaliação de documentação acumulada  (RADA), Projeto de Gestão Documental Comum para as Instituições do Ensino Superior, que se reúne periodicamente na Torre do Tombo, Alameda da Universidade, Lisboa.

Fez igualmente parte, como membro de júri, de vários concursos públicos, tanto no IPT como em algumas Câmaras Municipais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Depósito

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D